Criptomoedas Como Surgiu

Todas as vezes que ouvimos falar em dinheiro, logo pensamos nas notas e moedas que fazem parte do nosso cotidiano, mas hoje, através desse artigo, vamos conhecer a Criptomoeda, moeda digital.

Vamos saber o que é e como surgiu, esse novo termo e modalidade de pagamento que tem sido inovador e revolucionário nas últimas décadas, mas ainda pouco conhecido pela grande maioria de pessoas.

Criptomoeda – o que é?

A criptomoeda ou Bitcoin ou Altcoin, como também são conhecidas, nada mais são do que uma moeda digital. E como toda moeda, com ela é possível fazer negócios de compra e venda através da internet.

No entanto, é uma moeda que só pode ser usada nas lojas virtuais ou em algumas das lojas físicas que aceitam esse tipo de moeda como forma de pagamento de produtos.

A criptomoeda, moeda digital, surgiu no ano de 2009 e é a primeira moeda digital conhecida no mundo, e seu surgimento ocorreu em meio a uma crise econômica e até hoje não houve interrupção em negociações feitas através dessa modalidade.

A criação dessa moeda virtual por uma pessoa que nunca revelou de fato seu nome, mas que se fez conhecido como Satoshi Nakamoto, e a anunciação da modalidade criada por ele não teve muito crédito no mercado, pois assim como outras, acreditava-se que essa também iria falhar.

O diferencial entre a criptomoeda e as demais moedas virtuais que fracassaram, está no fato de não ser controlada por nenhum tipo de governo, isto é, é uma modalidade de moeda digital descentralizada, sem regulamentação governamental.

E é dessa forma que ela não tem nenhum intermediário nas negociações e não tem nenhum tipo de fronteira, bem como o ambiente em que ela circula, que é a internet.

A diferença entre Bitcoin e Altcoin é que a Bitcoin foi a primeira moeda virtual que foi criada e deu certo, após ela, surgiram as moedas alternativas que são conhecidas como Altcoin.

Atualmente é possível ouvir falar sobre essas moedas digitais, sobre sua valorização e desvalorização, existindo inclusive conferências a respeito da moeda conhecida como honesta, já que sua única função é ter sua emissão em troca de bens ou serviços realizados sem interferências de terceiros.

Como a criptomoeda funciona?

O que garante o funcionamento das criptomoedas funcionam são as através de um sistema de criptografia, que garante o anonimato das transações feitas.

Esse anonimato também se torna possível pela falta de regulamentação governamental, como falado anteriormente, e sendo assim, as negociações são feitas através de uma rede própria conhecida como blockchain.

Onde tem um banco de dados das negociações feitas, e os computadores que decodificam e validam primeiro o código da transação, são recompensados.

Como não é, ao menos até o momento, uma moeda comum, existe um limite de criação de bitcoin, onde o processo das criptomoedas, moedas digitais.

São produzidas em um sistema de mineração com computadores conectados às redes, onde as negociações são resolvidas e se recebem os blocos de bitcoins, que são as referidas recompensas chamadas criptomoedas.

Conforme o crescimento das negociações feitas com as criptomoedas, tornou-se necessário que os computadores ligados a essas redes, fossem computadores mais capacitados, os então conhecidos como os supercomputadores ASICS.

Compartilhe este post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.